Com incentivo do ProAC, Santa Rita do Passa Quatro recebe exposição sobre Zequinha de Abreu

O Museu Histórico e Pedagócigo Zequinha de Abreu, em Santa Rita do Passa Quatro, apresenta uma exposição sobre o compositor santa-ritense, Zequinha de Abreu, autor do choro “Tico-tico no Fubá”, a música brasileira mais executada no mundo.

“Zequinha de Abreu: da ​Flor da Estrada ao ​Tico-tico ​no Fubá” mostra a história da música popular brasileira, do rádio e do cinema nas primeiras décadas do século 20, permeada por toda a vida e obra do compositor e músico nascido no município em 1880.

Promovida com recursos do Programa de Ação Cultural (ProAc), por meio do Edital nº 17//2018 para Concurso de Apoio a Projetos de Difusão de Acervos Museológicos no Estado de São Paulo, a mostra de longa duração tem o apoio do Departamento de Cultura e Turismo, da Prefeitura Municipal.

A exposição possui dois módulos, nos quais a carreira de Zequinha de Abreu é apresentada em dois momentos, a iniciação musical e primeiras composições ainda em sua cidade natal, e sua carreira e obra em São Paulo, além da difusão da música “Tico-tico no Fubá” no Brasil e no cinema norte-americano.

A iniciativa, coordenação e curadoria é da historiadora Vanessa Martins Dias, mestre em História pela Universidade Estaduao Paulista (Unesp) e especialista em museografia e patrimônio cultural que, atualmente, trabalha na Fundação Pró-Memória de São Carlos. A pesquisa e curadoria é de Eduardo Toratti, também historiador e graduado em Biblioteconomia e Ciências da Informação. O grupo também conta com o apoio da arquiteta e engenheira Débora de Almeida Nogueira.

De acordo com o projeto, o objetivo da exposição é buscar a diversificação e a ampliação do público, desde estudantes até a terceira idade, inclusive, com recursos de acessibilidade, para pessoas com deficiência.  Por meio da exposição é possível fomentar a difusão do acervo museológico, uma vez que possibilitará a valorização da memória local e a preservação da cultura imaterial.

A mostra estará aberta ao público durante os meses seguintes, abrangendo inclusive a programação do 58º Festival Zequinha de Abreu, que acontece em setembro.

Zequinha de Abreu

José Gomes de Abreu nasceu em Santa Rita do Passa Quatro, em 19 de setembro de 1880 e faleceu em São Paulo, no dia 22 de janeiro de 1935.  Mais conhecido como Zequinha de Abreu, em considerado um dos maiores compositores do Brasil e é autor do choro “Tico-Tico no Fubá”, a música brasileira mais executada no mundo. Sua obra mais popular atingiu o ápice nos anos 1940, quando fez parte de nada menos do que seis filmes em Hollywood, nos Estados Unidos (EUA). A canção aparece com duas letras, uma feita no Brasil, e outra versão escrita no país norte-americano, por Aloísio de Oliveira, para Carmen Miranda, gravada pela Decca Records, em 1945, sendo trilha do filme “Copacabana”, de 1947.

SERVIÇO

“Zequinha de Abreu: da ​Flor da Estrada ao ​Tico-tico ​no Fubá”

Exposição de longa duração.

Visitas de segunda a sexta-feira, das 9h às 11h e das 13h às 16h. Sábados e domingos, das 9h às 12h.

Museu Histórico e Pedagógico Zequinha de Abreu

Praça Poeta Mário Matoso, Santa Rita do Passa Quatro/SP

Informações: (19) 3584-5974 Fonte: Museu Zequinha de Abreu