Com cinco brasileiros, Bienal de Lyon divulga lista de artistas escalados para mostra

Marcada para setembro, a Bienal de Lyon anunciou nesta segunda-feira (10) a lista completa de artistas escalados para sua 12ª edição. Além de Jonathas de Andrade, Thiago Martins de Melo, Paulo Nazareth e Paulo Nimer Pjota, brasileiros que já estavam confirmados na mostra, a direção do evento anunciou agora o também brasileiro Gustavo Speridião.

No total, serão 70 artistas de 21 países, com obras espalhadas por cinco espaços da cidade francesa, entre eles uma igreja e uma antiga refinaria de açúcar. Organizada pelo curador islandês Gunnar Kvaran, a próxima Bienal de Lyon também pretende instalar obras de seus artistas por casas e apartamentos na cidade, num conjunto de cerca de 60 endereços.

imagem-006

O artista Paulo Nazareth, que estará na Bienal de Lyon

Mais de metade dos artistas escalados deverão criar obras inéditas para a exposição. Entre os nomes de maior destaque estão o chinês Yang Fudong e os norte-americanos Matthew Barney, Jeff Koons, Nate Lowman, Tom Sachs e Ryan Trecartin.

Kvaran, que organiza a mostra, trouxe quase todos esses nomes dos Estados Unidos para a mostra “Em Nome dos Artistas”, que organizou no pavilhão da Bienal de São Paulo no ano passado. Todos eles integram a coleção do museu Astrup Fearnley, em Oslo, dirigido por Kvaran.

Fonte: Folha de S. Paulo