Centenário da Semana de Arte Moderna: Museus-Casas Literários têm agenda especial

A Casa das Rosas, a Casa Guilherme de Almeida e a Casa Mário de Andrade, que formam a Rede de Museus-Casas Literários de São Paulo, realizam uma programação voltada à Semana de Arte Moderna, que completa 100 anos neste mês. Cortejo, oficina e cursos são algumas das atrações, confira a agenda de atividades:

Casa Guilherme de Almeida

 As quartas-feiras de fevereiro, dias 2, 9, 16 e 23, das 15h às 17h, serão ocupadas pelo curso Mulheres do Movimento Modernista brasileiro: antes, durante e depois da Semana de Arte de 22, com a coordenação de Fabíola Notari, artista visual, pesquisadora e professora, doutora em Literatura e Cultura Russa (FFLCH/USP) e co-fundadora do Instituto Angelim. A inscrição ficará aberta pelo site do museu (aqui) e as aulas serão via Zoom.

O curso abordará a trajetória de mulheres que configuram o contexto artístico e cultural do início do século XX no Brasil, junto à representação do feminino por meio do estudo da relação de gênero e suas representações nas artes. O comportamento liberal das modernistas, com base em referências de artistas da vanguarda europeia e de membros da elite a quem tudo parecia lícito, além das rupturas de convenções, contrastava com o da mulher moderna alinhada às regras aceitáveis na sociedade.

O curso “As revistas e os periódicos nas vanguardas artísticas paulistanas” será ministrado por Bruno Oliveira, artista gráfico, professor e pesquisador nos campos de Arte e Comunicação, mestrando em Poéticas Visuais na USP, curador de feiras e encontros independentes sobre Processos artísticos. Os encontros serão nas quintas-feiras, 3, 10, 17 e 24/02, a partir das 19h, e a inscrição seguirá neste link.

Além do centenário da Semana de Arte Moderna de 1922, comemoram-se 70 anos da publicação da primeira edição da Revista Noigandres (1952), de Poesia Concreta, vanguarda da década de 1950. Assim, esse curso busca ampliar a importância das revistas na idealização e na construção do pensamento das vanguardas artísticas, a partir da experiência prática e da produção coletiva.

Uma oficina para o público infantil e seus familiares, chamada Semana de Arte Moderna – Crie sua máscara de Carnaval, será aplicada pelo Núcleo de Ação Educativa do museu Casa Guilherme de Almeida no dia 13 de fevereiro, domingo, das 15h às 16h30. Será presencial, com 10 vagas e inscrição aberta aqui.

Para confeccionar máscaras e outros adereços no deck do museu, essa oficina inspira-se nos bailes de Carnaval promovidos pela Sociedade Pró-Arte Moderna – SPAM, grupo criado em 1932 por artistas, intelectuais e apoiadores para a promoção da Arte Moderna. Durante a atividade também serão apresentados poemas e marchinhas compostas por autores do período.

Casa Mário de Andrade

Localizado na Barra Funda, em São Paulo, o museu que já foi a residência de Mário de Andrade e sua família entre as décadas de 1920 e 1940, apresentará o Encontro Peripatético: Cordel e a Semana de Arte Moderna na Casa Mário de Andrade. 

No dia 12 de fevereiro, sábado, das 15h às 18h, diversas atividades formarão o evento que traz o termo peripatético, baseado no conceito aristotélico de “ensinar passeando”. Por isso, o encontro com os cordelistas Luciano Braga, EdiMaria, Lucineide Vieira, Moreira de Acopiara, entre outros, será apresentado na entrada d o museu e seguirá em breve cortejo por seu quarteirão. Para acompanhar virtualmente, via Zoom, é necessário um agendamento pelo site.

O centenário da Semana de Arte Moderna será lembrado por meio da declamação de poemas de Mário de Andrade, a leitura de folhetos de cordel, apresentações de Teatro de bonecos, danças de roda que pretendem contar as andanças de Mário de Andrade pelo nordeste brasileiro, o encontro que o escritor teve com o cantador de coco Chico Antônio e com a literatura de cordel. Confira a programação:

15h – Cenas com teatro de bonecos de mamulengos:

– Monteiro Lobato criticando os modernistas antes da Semana de Arte Moderna;

– Debate sobre a organização da Semana e posterior criação do Grupo dos Cinco, com os bonecos de Mário e Oswald de Andrade, Anita Malfatti, Menotti Del Picchia e Tarsila do Amaral;

– Apresentação com o boneco de Chico Antônio.

16h – Leituras poéticas e a musicalidade do coco:

– Leitura de trechos da poesia “Sapos”, de Manuel Bandeira, pelos artistas presentes;

– Coco de Chico Antônio – Boi Tungão – intercalado com declamações de trechos de poesias de Mário de Andrade;

– Poesias em ritmo de coco, cantada por Joel de Itaenga e com participação dos cordelistas;

– Declamações relacionadas aos diversos movimentos ligados ao escritor Mário de Andrade na década de 1920;

– Diálogo entre os “Mários” e os cordelistas.

17h – Mini cortejo e ciranda de roda:

– Mini cortejo pelo quarteirão do museu Casa Mário de Andrade com os participantes e o público presente;

– Finalização com a apresentação Coco do Modernismo, feito por EdiMaria e Joel de Itaenga, e uma grande ciranda de roda com o público presente em frente ao museu. 

A mesa-redonda Modernismos revisitados, transmitida pelo Zoom no dia 15 de fevereiro, terça-feira, a partir das 19h, abordará as publicações sobre a Semana de Arte Moderna de 1922. Estudiosos das fases modernistas no Brasil apresentarão obras que revelam novas interpretações e diversas fontes de pesquisa, a fim de ampliar a compreensão do evento e de seus desdobramentos. A inscrição está aberta (clique aqui).

O evento convida Carolina Casarin, mestre em Letras e doutora em Artes Visuais, professora e autora do livro O guarda roupa modernista: o casal Tarsila e Oswald e a moda, pela Companhia das Letras (2022); Gênese Andrade, doutora em Literatura Hispano-americana pela USP, professora da Faap, autora de alguns livros como Pagu/ Oswald/ Segall (2009) e coordenadora editorial, com Jorge Schwartz, da edição atual da obra de Oswald de Andrade, publicada pela Companhia das Letras.

Também participará Jorge Schwartz, professor titular aposentado de Literatura Hispano-Americana da USP, com o Vanguarda e cosmopolitismo (Prêmio APCA) e Vanguardas latino-americanasBorges no BrasilFervor das vanguardas (Prêmio Jabuti) entre os livros publicados, e curador de várias exposições, entre elas, no Museu Lasar Segall, enquanto foi diretor da instituição. 

A Casa Mário de Andrade também traz o lançamento do livro É apenas agitação – a Semana de 22 e a reação dos acadêmicos nas célebres entrevistas de Peregrino Júnior para o Jornal (2021/ ed. Telha), no dia 16 de fevereiro, quarta-feira, das 19h às 21h, com a autora Nélida Capela. A apresentação será via Zoom e a inscrição ficará aberta até o dia do evento neste link.

Nélida é mestra em Teoria Literária pela PUC-Rio, com publicação sobre entrevistas literárias e a história da cultura brasileira no período modernista, além de atuar no mercado editorial e fazer a curadoria de eixos temáticos como Africanidades, Estudos de Gênero e Estudos Indígenas, Literatura Periférica e Insurgente. A obra É apenas agitação resgata fontes interpretativas sobre o Modernismo a partir das entrevistas realizadas pelo jornalista Peregrino Júnior.

Casa das Rosas

A Casa das Rosas passa a apresentar o ciclo de resenhas Semana de 22 e o Modernismo quinzenalmente pelo Instagram, com a participação de escritores e pesquisadores para uma série on-line de vídeos com mini resenhas, comentários e dicas sobre o tema que marca os 100 anos da Semana de Arte Moderna.

No dia 8 de fevereiro, terça-feira, das 16h às 16h30, o convidado será o poeta Paulo Ferraz, mestre em Teoria Literária pela USP e autor de livros como Vícios de imanênciaEvidências pedestres e De novo nada.

No dia 22 de fevereiro, no mesmo horário, a convidada será Bruna Della Torre, pós-doutoranda no departamento de Sociologia da Unicamp, editora executiva da revista Crítica marxista e autora do livro Vanguarda do atraso ou atraso da vanguarda? Oswald de Andrade e os teimosos destinos do Brasil.

Acesse toda a programação da Rede de Museus-Casas Literários de São Paulo pelos sites das instituições: Casa das RosasCasa Guilherme de Almeida e Casa Mário de Andrade.

Serviço

Todas as atividades são gratuitas

Casa Guilherme de Almeida

Curso

MULHERES DO MOVIMENTO MODERNISTA BRASILEIRO: ANTES, DURANTE E DEPOIS DA SEMANA DE ARTE DE 22

Com Fabiola Notari

Quartas-feiras, dias 2, 9, 16 e 23 de fevereiro das 15h às 17h

Plataforma: Zoom | 300 vagas

Inscrição até 31/01: aqui

Curso

AS REVISTAS E OS PERIÓDICOS NAS VANGUARDAS ARTÍSTICAS PAULISTANAS

Com Bruno Oliveira

Quintas-feiras, dias 3, 10, 17 e 24 de fevereiro das 19h às 21h

Plataforma: Zoom | 300 vagas
Inscrição até 1/02: aqui

Oficina infantil
SEMANA DE ARTE MODERNA – CRIE SUA MÁSCARA DE CARNAVAL
Com Núcleo de Ação Educativa
Domingo, 13 de fevereiro, das 15h às 16h30
Presencial: Museu Casa Guilherme de Almeida
10 vagas
Inscrição até 10/02: aqui

Casa Guilherme de Almeida

Tel.: 11 3673-1883 | 3803-8525 | 3672-1391 | 3868-4128
Agende sua visita e confira as medidas de segurança para se proteger da Covid-19 pelo site do museu. 

Algumas atividades continuam on-line e com programação pelos sites do museu ou  +Cultura

Museu – R. Macapá, 187 – Perdizes | CEP 01251-080 | São Paulo
Anexo: Rua Cardoso de Almeida, 1943 – Sumaré, São Paulo/SP
Acessibilidade: rampa de acesso, elevador, piso podotátil e banheiro adaptado; videoguia em Libras e réplicas táteis.
Programação gratuita

Casa Mário de Andrade

ENCONTRO PERIPATÉTICO: CORDEL E A SEMANA DE ARTE MODERNA NA CASA MÁRIO DE ANDRADE
Com Luciano Braga, EdiMaria e convidados

Sábado, 12 de fevereiro, das 15h às 18h 
Em frente ao museu (Rua Lopes Chaves, n. 546 – Barra Funda, São Paulo, SP) e breve cortejo pelo quarteirão
Plataforma: Zoom | 250 vagas
Inscrição aberta até 12/02: aqui

Ficha técnica:
Denna Sossai –  Bonequeira
EdiMaria – Cordelista, cantora e atriz
Joel de Itaenga e brincantes – Grupo de coco
Luciano Braga – Ator e cordelista
Lucineide Vieira – Cordelista declamadora
Moreira de Acopiara – Cordelista declamador
Varneci Nascimento – Cordelista declamador
Organizadores do projeto: EdiMaria e Luciano Braga   

Mesa-redonda

MODERNISMOS REVISITADOS

Com Carolina Casarin, Gênese Andrade e Jorge Schwartz
Terça-feira, 15 de fevereiro, das 19h às 21h

Inscrição até 15/02: aqui.
Plataforma: Zoom | 250 vagas

LANÇAMENTO DO LIVRO “É APENAS AGITAÇÃO – A SEMANA DE 22 E A REAÇÃO DOS ACADÊMICOS NAS CÉLEBRES ENTREVISTAS DE PEREGRINO JÚNIOR PARA O JORNAL”
Com a autora Nélida Capela

Quarta-feira, 16 de fevereiro, das 19h às 21h
Plataforma: Zoom | 250 vagas
Inscrição até 16/02: aqui

Casa Mário de Andrade
Telefone: (11) 3666-5803 | 3826-4085

Agende sua visita e confira as medidas de segurança para se proteger da Covid-19 pelo site da instituição.

Algumas atividades seguem virtuais e com programação acessível pelos sites do museu ou +Cultura

Rua Lopes Chaves, 546 – Barra Funda – São Paulo 

Acessibilidade: rampa de acesso ao andar térreo e fraldário móvel.
Programação gratuita

Casa das Rosas

Ciclo de resenhas

SEMANA DE 22 E O MODERNISMO

Com Paulo Ferraz

8/02, terça-feira, das 16h às 16h30

Com Bruna Della Torre

22/02, terça-feira, das 16h às 16h30 

Quinzenalmente pelo Instagram do museu
Sem a necessidade de inscrição 


Casa das Rosas

Avenida Paulista, 37 – Paraíso – São Paulo (próximo à estação Brigadeiro do metrô)
O museu está fechado para restauro, e tem realizado atividades no espaço livre do jardim e no seu orquidário.

Fique por dentro dessa agenda acessando o site (aqui).

O jardim fica aberto todos os dias da semana, das 7h às 22h.

O restante das atividades continua virtual e com programação acessível pelos sites do museu e do +Cultura

Programação gratuita

Tel. 3285-6986; 3673-1883 (atendimento na Casa Guilherme de Almeida)

Fonte: Poiesis