Catálogo reúne fotografias raras de São Paulo na década de 1950

Imagens foram feitas por Chico Albuquerque.
Fotógrafo é considerado o pioneiro da publicidade no Brasil.

p003cxe405113-02

Imagens do cotidiano e da arquitetura de São Paulo na década de 1950 poderão ser vistas no catálogo “Estúdio fotográfico Chico Albuquerque” que reúne parte do trabalho do fotógrafo Chico Albuquerque. As 150 fotografias já haviam sido expostas no primeiro semestre em São Paulo.

O fotógrafo, natural de Fortaleza, veio para São Paulo em 1947, e abriu um estúdio na Avenida Rebouças, zona oeste da cidade. A partir de então, paralelamente ao trabalho comercial reconhecido como pioneiro na publicidade no país, Chico registrou a transformação de São Paulo na década de 50. “Ele era motivado, de certo modo fascinado pela dinâmica que São Paulo vivia no período pós-guerra”, conta Sergio Burgi, coordenador de fotografia do Insituto Moreira Salles, em entrevista ao G1.

Com o olhar publicitário “Chico também explorava o espaço urbano como criação, ele saía na rua acompanhado de sua mulher fazendo prospecção de modelos para seus trabalhos” diz Burgi. Fotografias em preto e branco mostram letreiros publicitários, circulação de bondes, construção de edifícios e a movimentação no centro da cidade. Na parte do livro destinada a arquitetura encontramos registros da construção do Parque Ibirapuera e outros edifícios modernos de São Paulo.

Outras fotografias de Chico Albuquerque devem se tornar públicas em breve, a ideia é disponibilizar quase 15 mil imagens para acesso por internet. “O primeiro momento foi estabilizar o acervo e trazer a luz o material sob a guarda do Instituto, buscar o entendimento das vertentes da produção do fotógrafo em São Paulo” revela Burgi.

Fonte: G1 Globo