Casa Guilherme de Almeida já pode ser visitada virtualmente de qualquer lugar do mundo através de plataforma do Google

Nada substitui a experiência de visitar um museu ao vivo. Porém, para quem não mora em São Paulo ou ainda não pôde conhecer a Casa Guilherme de Almeida, localizada na zona oeste da capital, agora há a possibilidade de fazer uma visita virtual ao museu por meio da plataforma digital Google Cultural Institute. A Casa Guilherme de Almeida pertence à Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo e é gerenciada pela organização social POIESIS.

Casa Guilherme

Por meio desta novidade, o internauta poderá percorrer virtualmente todos os ambientes do museu – que fica no imóvel em que Guilherme de Almeida viveu entre os anos 1946 e 1969. Também tem a opção de obter informações sobre a vida e obra do poeta modernista, além de ver itens de obras de arte do acervo da Casa em altíssima resolução, por meio da nova e poderosa “Art Câmera”, que faz parte do Google Art Project – sistema que registra imagens de obras de arte em museus do todo o mundo.

Entre os destaques do precioso acervo estão pinturas de Anita Malfatti, Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti, Lasar Segall, Noêmia Mourão e Samson Flexor, além de esculturas como Sóror Dolorosa (1921), de Victor Brecheret, que integrou a exposição do artista na Semana de Arte Moderna de 1922.

Para ver o acervo virtual da Casa Guilherme de Almeida no Google Cultural Institute, acesse:www.google.com/culturalinstitute/collection/casa-guilherme-de-almeida

Serviço:
Casa Guilherme de Almeida
Rua Macapá, 187, Pacaembu 
(11) 3673-1883 / 3672-1391
De terça a domingo, das 10h às 18h. Visitas espontâneas e agendadas. 
Atende a escolas, mediante agendamento.
Entrada franca.
Site: www.casaguilhermedealmeida.org.br
Facebook: www.facebook.com/museucasaguilhermedealmeida

Fonte: Maxpress