CASA GUILHERME DE ALMEIDA ESTÁ COM INSCRIÇÕES ABERTAS PARA CURSOS GRATUITOS

Pessoas inscritas receberão informações sobre as plataformas virtuais por onde poderão acompanhar as aulas

Entre as atividades gratuitas oferecidas pela Casa Guilherme de Almeida ainda neste ano, encontram-se os cursos “Obras abertas: história sincrônica da literatura” (Ciclo Fernando Pessoa) e “Escrever o filme, filmar o poema: fusões e contaminações entre poesia e cinema”, além da live com Luiza Adas, idealizadora do Museu do Isolamento.

Fernando Pessoa e seus heterônimos

O curso Obras abertas: história sincrônica da literatura
| Ciclo: Fernando Pessoa em vozes alheias – Os heterônimos relidos por outros autores abordará a apropriação do sistema heteronímico por escritores contemporâneos. As aulas serão ministradas por André do Amaral, poeta, doutor em Letras pela UNESP e há cinco anos dedicado ao estudo da Poesia Experimental Portuguesa. Pelo Google Meet, os encontros ocorrem em 16, 23 e 30 de outubro; 6, 13 e 20 de novembro, sextas-feiras, das 19h às 21h. O curso é gratuito e a inscrição precisa ser feita pelo link https://bit.ly/3i3X55t

Nos textos escolhidos, Fernando Pessoa ortônimo, os heterônimos Álvaro de Campos, Alberto Caeiro e Ricardo Reis – além do semi-heterônimo Bernardo Soares – se transmutam em personagens literários fora do corpus pessoano e alcançam tons imprevisíveis na caracterização original, já conhecida pela complexidade e cuidadosamente concebida por Pessoa entre 1914 e 1935. Aqui, a ficcionalização interna se mostra na medida em que os escritores agregam e releem os heterônimos valendo-se da não-originalidade como modo de produção literária.

Intersecções entre cinema e poesia

O curso Escrever o filme, filmar o poema: fusões e contaminações entre poesia e cinemaserá nos dias 19 e 26 de outubro, segundas-feiras, a partir das 19h, pelo Google Meet.  O curso é gratuito e a inscrição fica aberta pelo link https://bit.ly/332PEao

Com aulas de Yasmin Bidim, pesquisadora, poeta, artista da imagem e doutoranda em Estudos da Literatura na UFSCar, a proposta do curso é observar o que há de poesia no cinema e o que há de cinema na poesia, levando em conta aspectos formais e estéticos que transitam de uma arte a outra. Serão abordadas obras de Marília Garcia, Marcos Siscar, Jean Luc-Godard, Maya Deren, Michael Snow, Chantal Akerman, entre outros, além de conceitos do filósofo Gilles Deleuze e das críticas literárias Rosa Maria Martelo e Joana Matos Frias.

E mais

O bate-papo Casa Guilherme de Almeida e Museu do Isolamento convida Luiza Adas, idealizadora e criadora do Museu do Isolamento, ação totalmente virtual e concebida durante a quarentena causada pela Covid-19 para divulgar os trabalhos de artistas que estão produzindo no período de isolamento social. O encontro está marcado para o dia 9 de outubro, sexta-feira, às 16h30.

A conversa com Alexandra Rocha, coordenadora do Núcleo Educativo da Rede de Museus-Casas Literários de São Paulo e bacharel em Artes Plásticas pela ECA-USP, irá abordar os objetivos e o contexto de realização atual, além das características iniciais de ações culturais e educativas realizadas on-line. Não é necessária inscrição e a atividade será transmitida pelo Facebook e canal de YouTube da Casa Guilherme de Almeida.

SERVIÇO

Curso Obras abertas: história sincrônica da literatura – Ciclo: Fernando Pessoa em vozes alheias – Os heterônimos relidos por outros autores
Com André do Amaral
Sextas-feiras, dias 16, 23 e 30 de outubro; 6, 13 e 20 de novembro, das 19h às 21h
Plataforma: Google Meet 
Gratuito | 200 vagas
Inscrição até 14/10 – https://bit.ly/3i3X55t 

Curso Escrever o filme, filmar o poema: fusões e contaminações entre poesia e cinema
Com Yasmin Bidim
Segundas-feiras, dias 19 e 26 de outubro, das 19h às 21h
Plataforma: GoogleMeet 
Gratuito | 200 vagas
Inscrição aberta até 15/10 – https://bit.ly/332PEao 

Casa Guilherme de Almeida e Museu do Isolamento
Com Alexandra Rocha e Luiza Adas
Sexta-feira, 9 de outubro, às 16h30
Plataforma: Facebook e YouTube
Não é preciso fazer inscrição prévia. Grátis.

Fonte: Casa Guilherme de Almeida