Sede do Centro de Preservação Cultural da USP recebe exposição “Luís Saia: memória e política”

Mostra sobre a trajetória profissional, ideias e obras do engenheiro-arquiteto são-carlense Luís Saia
pode ser vista até 6 de junho; a entrada é gratuita
 
Organizada pelo urbis [grupo de pesquisa em história da cidade, arquitetura e paisagem] do Instituto de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (IAU-USP), a exposição “Luís Saia: memória e política” debruça-se sobre a trajetória profissional, as ideias e as obras do engenheiro-arquiteto são-carlense Luís Saia (1911-1975). Compreende-se, portanto, entre as homenagens a ele prestadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) ao declarar de “Ano Luís Saia” o período que se estende de outubro de 2011 a outubro de 2012. A exposição pode ser vista até 6 de junho (quarta-feira), de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, na sede do Centro de Preservação Cultural (CPC) da USP, Casa de Dona Yayá, com entrada gratuita. 
 
O intento principal da exposição é levar ao conhecimento de um público mais amplo e mesmo para aquele já iniciado em matéria de história da arquitetura, do urbanismo e do patrimônio no Brasil aspectos da vida, dos percursos de formação e das realizações, em múltiplas frentes de trabalho, de Luís Saia. Certamente uma tarefa cuja amplitude não pretende esgotar, esperando antes servir para instigar análises mais que necessárias e urgentes deste personagem ainda tão escassamente (re)conhecido. Nesse sentido, a exposição pretende também contribuir para o incremento da historiografia da arquitetura e do urbanismo no Brasil, que por muito tempo relegou a figura de Luís Saia.
 
Recuperar a inserção, combativa e crítica, de Luís Saia como profissional, intelectual e cidadão no âmbito da arquitetura e do urbanismo, da preservação do patrimônio e da cultura brasileira, é tomar parte do resgate da memória, cultural e política, de nosso país. Memória, história e cultura pelas quais Saia tanto lutou ao longo de sua vida.
 
Contando com o apoio do Instituto de Arquitetura e Urbanismo, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional/SP e da Fundação Pró-Memória da Prefeitura Municipal de São Carlos, a exposição foi concebida pelo prof. Carlos Roberto Monteiro de Andrade (IAU-USP) e coordenada por este juntamente com o prof. Francisco Sales Trajano Filho (IAU-USP), prof. Paulo Roberto Masseran (Unesp/Bauru) e Jaelson Bitran Trindade (IPHAN/SP).
 
Serviço:
Exposição “Luís Saia: memória e política”
Período: de 9/5 a 6/6/2012
Horário: segunda a sexta-feira das 9h às 17h
Local: Sede do CPC-USP/ Casa de Dona Yayá (Rua Major Diogo, nº 353, Bela Vista – São Paulo/SP)
Entrada: gratuita