Casa das Rosas, UNESP e USP realizam a I Jornada Internacional de Poesia Visual

Mais de 270 poemas visuais e mais de 50 convidados, nacionais e internacionais, integram a programação que também traz a I Mostra Virtual de Poesia Visual

A I Jornada Internacional de Poesia Visual: Pesquisa e Criação recebe pesquisadores e poetas brasileiros e estrangeiros para debater as questões dessa forma de criação poética, com o objetivo de traçar um panorama histórico e crítico dos movimentos e procedimentos que constituíram o gênero e refletir sobre sua realidade atual.

Realizado pela Casa das Rosas com o apoio da UNESP e da USP, o evento, que acontecerá de 8 a 13 de novembro, busca ampliar as relações entre praticantes de poesia visual em nível global e apresenta a produção de poetas e pesquisadores de 28 países.

Uma das atrações da Jornada será a exibição da I Mostra Virtual de Poesia Visual, onde estarão reunidas as produções históricas e contemporâneas a partir de contribuições de poetas convidados e inscritos. Toda a programação é gratuita e será apresentada pelo Zoom.

No encerramento, em 13/11, atividades também serão oferecidas no jardim do museu: lançamentos de livros de Franklin Valverde, Roberto Keppler e Sylvia Amélia, além de poemas visuais e performances audiovisuais. O público interessado em assistir às conversas e apresentações deve se inscrever pelo site do evento (clique aqui).

Confira o alcance significativo das inscrições de poetas e pesquisadores para a I Jornada e a I Mostra: 277 poetas (do Brasil e do exterior) inscreveram suas obras; mais de 700 poemas; 90 pesquisadores (do Brasil e do exterior) inscreveram seus trabalhos/comunicações; 53 poetas e pesquisadores (do Brasil e do exterior) convidados; 60 comunicações/palestras e 30 conferências acontecerão durante a I Jornada.

“Um evento sobre poesia visual deste porte não acontecia em São Paulo desde 1988. Representa uma oportunidade rara de poder conhecer essa produção poética – cada vez mais presente no mundo contemporâneo – através de um amplo painel que permite perceber sua riqueza e diversidade”, destaca Júlio Mendonça, coordenador do Centro de Referência Haroldo de Campos (CRHC) da Casa das Rosas, a respeito da grande dimensão que a I Jornada e a I Mostra alcançaram diante dos agentes desse gênero lírico. 

A idealização da I Jornada e da I Mostra voltadas à poesia visual surgiu do encontro do arte-educador, poeta e artista visual Anderson Gomes e da pesquisadora Juliana Di Fiori Pondian, voltada para os estudos de poesia, literatura, linguística, tradução e semiótica.

Para formar a comissão organizadora do evento, a dupla convidou Júlio Mendonça, coordenador do CRHC, poeta, doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP e especialista em Gestão Pública pela UFABC, além de Omar Khouri, doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, poeta, artista gráfico e professor no Instituto de Artes da UNESP, e Antonio Vicente Seraphim Pietroforte, professor titular de Semiótica da FFLCH-USP, doutor em Linguística pela FFLCH-USP.

A proposta é que esses eventos sigam uma periodicidade bienal.

Entre os convidados para as mesas de conferências se encontram André Vallias (BRA), Clemente Padín (URU), Francis Éveline (BEL), Jacques Donguy (FRA), Lenora de Barros (BRA) e Nancy Perloff (EUA). Para a lista completa, acesse o campo “convidados” do site. Outro destaque da I Jornada são os depoimentos em vídeo: 15 poetas visuais brasileiros relatam a respeito de suas concepções de poesia visual e esses documentos também ficarão disponíveis no site do evento.

A I Mostra Virtual de Poesia Visual exibirá poemas de Augusto de Campos (BRA), Ana Aly (BRA), Fernando Aguiar (POR), Marcelo Sahea (BRA), Marcelo Tápia (BRA), Maria Angélica Carter Morales (ARG) e Serse Luigetti (ITA), entre muitos outros.

O público já pode entrar em contato prévio com a origem e a história da poesia visual – com registros desde pelo menos o século III a.C em diferentes línguas e culturas – que incluem uma linha do tempo com as atrações concentradas neste gênero e realizadas desde os anos 1950 – por meio do site do evento (link aqui).

“O que diferencia esses poemas que não são considerados parte da poesia dita tradicional?”, essa e outras questões irão movimentar as conversas entre pesquisadores, convidados e poetas visuais que estão na programação descrita a seguir.

Serviço:

I Jornada Internacional de Poesia Visual: pesquisa e criação
8 a 13 de novembro, segunda a sábado
Plataforma: Zoom
Inscrições abertas até 8/11 – aqui
Conheça o site do evento
**Os ouvintes com frequência mínima de 70 % terão certificado de presença.

Open Bar, segunda a sábado: sala livre e aberta 24 horas, via Zoom, para os encontros nos intervalos ou após as sessões e com exibição de vídeos, poemas etc.

A página da I Mostra Virtual de Poesia Visual será disponibilizada na abertura do evento, no dia 8 de novembro – aqui.

I Jornada Internacional de Poesia Visual: pesquisa e criação

8.11, SEGUNDA-FEIRA

9h45 | ABERTURA

10h12 | MESA 1 – MOVIMENTOS POÉTICOS: CONCRETO/PROCESSO

A Poesia Concreta Brasileira e o Japão
L.C. Vinholes (BRA)

Minhas experiências no Poema-Processo
Falves Silva (BRA)

Um movimento, horizonte e momento vivo
Marcelo Tápia (BRA)

12h-13h30 | INTERVALO

Comunicações/palestras

13h30-14h30 | MESA 2 – COMUNICAÇÕES
Un homenaje al papel. La poesía visual de Guillermo Deisler
Alejandro Martinez (EUA)

Firmar, Desapropiar & Poner en Circulación: Los Usos de Timbres en la Poesía Visual de Juan Luis Martínez y Guillermo Deisler
Leo Bazzurro (ING)

A visualidade poética na obra Artefactos de Nicanor Parra
Franklin Valverde (BRA)

13h30-14h30 | MESA 3 – COMUNICAÇÕES (SESSÃO PARALELA)Cri de Charles Nokan ou la poésie visuelle du combat idéologique négro-africain
Coulibaly Tamfolo Roger (CIV)

« Le lait des tours marchés » de Werewere Liking ou le renversement du discours publicitaire dans la poésie visuelle
Nahadjenin Seleho (CIV)

Pra lá de Abjad: do Hurufyyia a Kamal Boullata
Diego Sampaio Dias (BRA)

14h45-15h30 | MESA 4 – COMUNICAÇÕES
A poesia como inscrição: o caso de Augusto de Campos
Nicollas Ranieri de Moraes Pessoa (BRA)

Augusto de Campos, poeta da recusa
Rafael Ferreira de Aquino Passos e Ayrton Senna Alves da Silva (BRA)

“Pluvial”: diálogo y metalenguaje en Augusto de Campos
Thiago Moreira Correa (BRA)

14H45-15H30 | MESA 5 – COMUNICAÇÕES (SESSÃO PARALELA)

Poésies concrètes
Lorenzo Menoud (SWI)

Schemes_Schemes. Un Dialogue Avec Higgins
Dimosthenis Agrafiotis (GRE)

L’apollinarien chez Guillermo de Torre et Vincente Huidobro
Héloïse Elisabeth Marie-Vincent Ghislaine Ducatteau (FRA)

16h-18h | MESA 6 – CONEXÕES CONCRETAS INTERAMERICANAS // INTER-AMERICAN CONCRETE CONNECTIONS 

Poesia Concreta na América do Norte
Odile Cisneros (CAN)

A poesia visual no México
Rodolfo Mata (MEX)

The Brazilian Transnational
Nancy Perloff (EUA)

9.11, TERÇA-FEIRA

9h45  | RECEPÇÃO

10h-12  | MESA 7 – TRADIÇÕES E NOVOS CAMINHOS INTERMÍDIA // TRADITIONS AND NEWS WAYS INTERMEDIA

De la Poésie visuelle à la Poésie numérique, ou vers un élargissement du langage

Jaques Donguy (FRA)

La Poesia Intermediale

Giovanni Fontana (ITA)

O efeito bumerangue da nova poesia expandida portuguesa

Patricia Lino (POR)

12h-13h30 | INTERVALO

Comunicações/palestras

13h30-14h30 | MESA 8 – COMUNICAÇÕES

The multiple methodologies of visual poetry

Steven Fowler (UK)

Presenting an Interdisciplinary Toolbox to Analyse Visual Poetry

Philip Meersman (BEL)

Poesia visual: uma proposta de leitura para o estudo da serialidade

Lívia Ribeiro Bertges e Vinícius Carvalho Pereira (BRA)

13h30-14h30 | MESA 9 – COMUNICAÇÕES (SESSÃO PARALELA)                         

Tecnopoesía en entornos digitales

Silvio De Gracia (ARG)

Musa maquínica: máquinas y poesía en la era postdigital

Michael Hurtado Enríquez (PER)

Poesía digital: exploración de motivos

Angye Gaona (COL/MEX)

14h45-15h30 | MESA 10 – COMUNICAÇÕES 

A World of Signs: The Women of Asemic Writing

Natalie Ferris (UK – Escócia)

Ana Hatherly – traço, letra, desenho

Erick Gontijo Costa (BRA)

Tras las huellas de una obra ilegible-imposible. Un recorrido por Mirtha Demirsache

Juan García Hernández (MEX)

14h45-15h30 | MESA 11 – COMUNICAÇÕES (SESSÃO PARALELA)

A palavra poética como forma de intervenção urbana

Anderson Marta Valfré (BRA)

Univoracidade(s): Cultura urbana e a linhagem brasileira da poesia visual nas obras

de Renato Negrão e Preto Matheus

Miguel de Ávila Duarte (BRA)

Diálogos entre poesia visual e arte postal hoje

Luíza Bernardes de Matos Marcolino (BRA)

16h-18h  | MESA 12 – O CENTRO EM TODA PARTE // THE CENTER EVERYWHERE PART                              

Os Acadêmicos de Alciato: Poesia Visual Pernambucana dos Séculos XVII e XVIII

Delmo Montenegro (BRA)

Livro de artista mesoamericano, grafismo xavante e poesia verbo-visual

Sergio Medeiros (BRA)

Poesia de Vanguarda: Nordeste Brasileiro

Paulo Bruscky (BRA)

10.11, QUARTA-FEIRA

9h45  | RECEPÇÃO

10h-12h  | MESA 13 – A LINGUAGEM DA POESIA VISUAL // THE LANGUAGE OF VISUAL POETRY

Poésie visuelle et typographie (des rapports étroits mais ambigus)

Francis Édeline (BEL)

Métamorphoses de l’écriture dans la poésie visuelle japonaise contemporaine

Marianne Simon-Oikawa (FRA)

Du vers à l’espace : l’exemple de Pierre Garnier

Martial Lengellé (FRA)

12h-13h30 | INTERVALO

Comunicações/palestras

13h30-14h30 | MESA 14 – COMUNICAÇÕES

Um olhar sobre o concretismo cearense: a poesia de Horácio Dídimo

Kedma Janaina Freitas Damasceno (BRA)

Ceará Concreto: a aventura visula gráfica de Alcides Pinto

Djavam Damasceno Da Frota (BRA)

Interseções do movimento concretista na poesia de Abelardo Romero

Edna Caroline Alexandria da Cunha Oliveira (BRA)

13h30-14h30 | MESA 15 – COMUNICAÇÕES (SESSÃO PARALELA)

La Poesía Visual en el aula de Filosofía. Posibilidades docentes

Antonio Martín Flores (ESP)

A retextualização de Poemas Visuais

Renata da Silva de Barcellos (BRA)

Palavra e visualidade, português e castelhano

Carmen Cardoso Garcia (BRA)

14h45-15h30 | MESA 16 – COMUNICAÇÕES                              

Freelance PoetArtistPerformer and Lecturer

Paula Claire (UK)

Poet

Karl Kempton (EUA)

How Does Poetry Change?

Jim Andrews (CAN)

14h45-15h30 | MESA 17 – COMUNICAÇÕES (SESSÃO PARALELA)

A formação artística dos poetas do concretismo paulista

Luis Fernando Silva Sandes (BRA)

Além de Noigandres: o movimento da poesia Concreta brasileiro construído

através de suas relações internacionais

Marina Ribeiro Mattar (BRA)

Teoria da poesia neoconcreta nas trajetórias de Ferreira Gullar e Lygia Pape

Luiz Guilherme Ribeiro Barbosa (BRA)

16h-18h  | MESA 18 – ESTRUTURA: ENTRE O ANALÓGICO E O DIGITAL // STRUCTURE: BETWEEN THE ANALOG AND THE DIGITAL

Poesia visual e experimentação da linguagem

Almandrade (BRA)

Objeto Intersemiótico A caligrafia como aprendizado [sobre os poemas caligráficos podais_2020]

Marcelo Sahea (BRA)

POEMA / DESIGN / DIAGRAMA

André Vallias (BRA)

11.11, QUINTA-FEIRA

 9h45  | RECEPÇÃO

10h-12  | MESA 19 – FORMAS POÉTICAS EM TRÂNSITO // POETIC FORMS IN TRANSIT

Análisis de dos poemas de José de Arimathéa

Clemente Padín (URU)

The Occult Scopes of Translation: translating found magic texts into visual poetry

Gazhal Mosadeq (IRI)

A Historical Perspective on the Chinese Concrete Poetry

Ting Huang (CHN)

12h-13h30 | INTERVALO

Comunicações/palestras

13h30-14h30 | MESA 20 – COMUNICAÇÕES 

Heterodoxias Poéticas em Portugal

Feliciano José Borralho de Mira (POR)

O pulsar e o farol: Augusto de Campos e Caetano Veloso pedem contato no espaço-tempo da poesia

Marcos Lemos Ferreira dos Santos (BRA)

Poetamenos de Augusto de Campos — uma transcriação intersemiótica da Klangfarbenmelodie de Anton von Webern

João Queiroz; Ana Luiza Fernandes; Pedro Atã; Marta Castello Branco (BRA)

13h30-14h30 | MESA 21 – COMUNICAÇÕES (SESSÃO PARALELA)

A escrita amalgâmica dos babilaques de Waly Salomão

Tazio Z. de Albuquerque (BRA)

Babilaques: as invenções visuais de Waly Salomão

Sirley da Silva Rojas Oliveira (BRA)

A poesia visual de Emilio Villa – o labirinto da linguagem

Nayana Montechiari Crescencio (BRA)

14h45-15h30 | MESA 22 – COMUNICAÇÕES 

Joyce e a tipografia

Vitor Alevato do Amaral (BRA)

O que pode uma linha? Poesia e expressão na caligrafia japonesa

Rafael Tadashi Miyashiro (BRA)

Os escritos ópticos de Bob Brown: máquina de ler

Gabriel Baldo Kerhart (BRA)

14h45-15h30 | MESA 23 – COMUNICAÇÕES (SESSÃO PARALELA)

Un alfabeto de John Cage: lectura-coreografía de los mesósticos y paradigma visual del texto como un poema partitura

Marco Antonio Bojorquez Martínez (MEX)

Poema y sujeto

Claudio Mangifesta (ARG)

Détours photographiques dans l’écriture d’Emmanuel Hocquard

Marie Kondrat (FRA)

16h-18h  | MESA 24 – POESIA E OUTRAS ARTES: LÍNGUA E LINGUAGEM // POETRY AND OTHERS ARTS: LANGUAGE AND LANGUAGE

Blackberry – palavra e imagem

Walter Silveira (BRA)

Orpheus Kristall: sobre um Libretto Visual De Ópera

Simone Homem de Melo (BRA)

Em trânsito

Lenora de Barros (BRA)

19h

HOMENAGEM A ERNESTO DE MELO E CASTRO E LAÍS REIS

12.11, SEXTA-FEIRA

9h45  | RECEPÇÃO

10h-12  | MESA 25 – TRÊS ARQUIVOS DA POESIA VISUAL // THREE FILES OF VISUAL POETRY

Registros biópsicos de la poesía visual en Argentina: entre la brevedad y la experimentación

Ornela Barisone (ARG)

Le ricerche verbo-visive italiane: Peculiarità e percors

Patrizio Peterlini (ITA)

Arquivo Fernando Aguiar

Fernando Aguiar (POR)

12h-13h30 | INTERVALO

Comunicações/palestras

13h30-14h30 | MESA 26 – COMUNICAÇÕES 

Jean Dupuy – Les peintures anagrammatiques

Christian Xatrec (FRA)

O anagrama enquanto programa experimental em Ana Hatherly

Anne Courtois Vidal (FRA/BRA)

Os jogos barrocos de Ana Hatherly: intepretações acerca de “Leonorana” (1970)

Bianca Raupp Mayer (BRA)

13h30-14h30 | MESA 27 – COMUNICAÇÕES (SESSÃO PARALELA)

A poesia concreta e a palavra

José Carlos Prioste (BRA)

O Centro de Estudos ASTER e a Poesia Visual

Bruno Sayão (BRA)

Selo

Sergio Augusto Medeiros (BRA)

14h45-15h30 | MESA 28 – COMUNICAÇÕES 

Poesía Visual: cuando el dibujo, la escritura y el diseño juntan fuerzas

Alejandro Thornton (ARG)

Presentación de VISO: aproximación a una imaginería lírica en Venezuela

(poesía visual, objetual y collages) I y II

Ender Rodríguez (VEN)

Abra el libro como quien pela una fruta: medio, lenguaje e imagen en la poesía peruana regional del siglo XX

Pamela Angela Medina Garcia (PER)

14h45-15h30 | MESA 29 – COMUNICAÇÕES (SESSÃO PARALELA)

Poesia e Antipoesia: crise e expansão

Alex Hamburger (BRA)

Verbequívocovisual

Diego Sampaio Dias, Gabriel Kerhart, Victor Scatolin Serra (BRA)

Quando a página não basta: a inespecificidade dos meios no campo expandido da poesia

Rita Balduino (BRA)

16h-18h  | MESA 30 – ARQUIVOS E HISTÓRIA // FILES AND HISTORY

Arquivo Décio Pignatari

Maria Adelaide Pontes (BRA)

Breve histórico sobre poema visual: memória e conservação

Hugo Pontes (BRA)

Artistas poetas editores

Amir Brito Cadôr (BRA)

19h | LANÇAMENTO DO LIVRO CONCRETE POETRY: A 21ST-CENTURY ANTOLOGY, DE NANCY PERLOFF

13.11, SÁBADO
O encerramento conta com as seguintes atividades presenciais na área externa do museu Casa das Rosas:

17h

POEMAS VISUAIS E PERFORMANCES EM VÍDEO
Exibidos ao longo de todo o dia com projeção no muro do museu e transmissão simultânea na sala on-line (Zoom)

LANÇAMENTO DOS LIVROS:

CONCRETUDES, DE FRANKLIN VALVERDE;
MESMO MESMO, DE ROBERTO KEPPLER;
MANUSCORTE, DE SYLVIA AMÉLIA

No jardim da Casa das Rosas

Fonte: Casa das Rosas