Casa das Rosas: palestra sobre cinema da Boca do Lixo

A Casa das Rosas sedia, em 1º de novembro, às 19h, a palestra “Cinema de Boca: Esplendor e Declínio”, com o cineasta e jornalista Alfredo Sternheim.

Será apresentado um panorama da criação fílmica acontecida na região da Boca do Lixo em São Paulo, entre os anos 1950 e 1980.

As razões que levaram nossos cineastas àquela região, sua intensa e eclética produção, que se autossustentava, e as barreiras enfrentadas por eles durante a ditadura militar serão abordadas, bem como os motivos do lento declínio desse cinema e as lições de um “passado esplêndido”.

Alfredo Sternheim é cineasta e jornalista. Dirigiu cerca de 20 longas e 15 curtas, entre eles: Dois, Noturno, Anjo Loiro (prêmio APCA de melhor roteiro), Pureza Proibida, Lucíola (do romance de José de Alencar) e Amor de Perversão.

Atuou como crítico cinematográfico em O Estado de S. Paulo, na Folha da Tarde, nas revistas Filme & Cultura, Guia da Folha e SET (1993-2010). Escreve na Revista da Cultura (livraria Cultura) desde 2013.

Publicou biografias como a de David CardosoLuiz Carlos LacerdaMáximo Barro e Maestro Diogo Pacheco, além de ter publicado O Cinema da Boca – Os Diretores (2007) e a autobiografia Um Insólito Destino (2009), para a coleção “Aplauso” (Imprensa Oficial do Estado de SP).

Fonte: Casa das Rosas