Casa das Rosas inaugura exposição de poemas multimídia

Paulo-Aquarone-4

A Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura abre, a partir do dia 7 de abril, a mostra Poemas Multimídia de Paulo Aquarone.

A exposição mostra poemas multimídia de Paulo Aquarone criados entre os anos de 1997 e 2014, através de objetos, vídeos e instalações, nos quais se destaca o lado lúdico de cada poesia, instigando o espectador a interagir com as obras.

Segundo Rui Moreira Leite, estas peças se articulam a partir de formas e objetos relacionados a sinais e palavras. Assim a imagem de PERTO/LONGE (2012), obtida com o auxílio de uma lupa; ou o poema Dois(2013), formado por duas peças de quebra cabeças: identificadas pelas letras U e M, respectivamente.

Outra série de poemas são apresentados de forma autorreferente, como CO(M)PLETE (2006), PARTES(2005), Volta (2007), Dentro (1999), Alvo (2002). Ou com sentido e significado em aberto como Caixa de interrogação (2004) ou Autorretrato (2000).

Na composição das peças são utilizados vários materiais, mas o resultado é alcançado da forma mais simples. Daí talvez o impacto obtido por tantos poemas – que se deve à revelação de relações muitas vezes insuspeitadas.

Outra série de trabalhos exibida é constituída pelos vídeo poemas (1997-2014) compostos a partir das mesmas indagações sobre palavras, representação e sentido agora incorporando luz e movimento.

Assim, em dois dos poemas – TRÊS e QUATRO – recorrendo à substituição dos números pelas letras, obtêm a transformação do três em quatro e a do seis em quatro. Em outro, o “i” – comum a Dia e Noite – é a janela que às escuras ou iluminada indica a mudança do tempo.

Como a representar a passagem de uma apresentação para outra KB/AKB (2003) e Ato (1997) são exibidos tanto como poemas multimídia quanto como vídeo poemas.

Paulo Aquarone é poeta multimídia brasileiro. Produz desde a década de 1990 trabalhos poéticos com apelo visual buscando diversas mídias, entre elas objetos, instalações, vídeos e objetos interativos. Já expôs seus poemas em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Lisboa, entre outras cidades, e publicou seus trabalhos em diversas revistas impressas e eletrônicas no Brasil, Espanha, Argentina e México.

Serviço: Mostra – Poemas Multimídia
De 7 a 26 de abril
Por Paulo Aquarone
Entrada gratuita.

Fonte: Casa das Rosas