INTERIOR

Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre

Fachada do Museu Índia Vanuíre em Tupã

– Era Uma Vez os Direitos Humanos

Data: 10 e 11 de dezembro (terça e quarta-feira), das 9h às 10h e das 14h às 15h.
Local: Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre.

Apresentação de contação de histórias como forma de sensibilização e aprendizagem em cultura de direitos humanos através da justiça, cooperação, igualdade, tolerância e paz.


– A Cultura e os Direitos Humanos

Data: 12 de dezembro (quinta-feira), das 9h às 11h
Local: Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre.

Palestra ministrada por Nelson Russo de Moraes – Doutor em comunicação e cultura contemporânea, Professor da UNESP Tupã.


– Direitos Humanos – Impunidade e Injustiça

Data: 13 de dezembro (sexta-feira), das 9h às 11h.
Local: Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre.

Palestra ministrada por Airton Souza de Lima – Mestre em Ciências Sociais.


– Roda de Conversa com Indígenas e Oficina

Data: 13 de dezembro (sexta-feira), das 15h às 16h00.
Local: Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre

Realização de uma roda de conversa com indígenas, moradores da T.I. Vanuíre, para discutir a temática Cultura como Direito. Após a roda de conversa será realizada oficina de confecção de adorno indígena.


Serviço
Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre

Endereço: Rua Coroados, 521 – Centro, Tupã/SP. CEP 17603-000
Telefone: (14) 3491.2333
E-mail: contato@museuindiavanuire.org.br
Website: https://www.museuindiavanuire.org.br/
Facebook: @museuindiavanuire
Instagram: @museuindiavanuire
Twitter: @mhindiavanuire


Museu Casa de Portinari

Museu Casa de Portinari- menor

– Painel

Data: de 10 a 15 de dezembro, das 9h às 18h.
Local: Capela da Nonna (Museu Casa de Portinari).

Em um espaço na parede da Capela da Nonna, o visitante será convidado a deixar uma mensagem ou uma palavra, que os faça refletir sobre a importância dos direitos humanos nos dias atuais. Levando em conta o respeito à diversidade cultural, o combate ao preconceito, à discriminação e à violência. Temas:

– Dia 10: Cultura como Direito – Art. 23, CF. – “É competência comum da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios: […] V – proporcionar os meios de acesso à cultura, à educação, à ciência, à tecnologia, à pesquisa e à inovação”.

– Dia 11: Acesso à cultura – Art. 215, caput, CF – “O Estado garantirá a todos o pleno exercício dos direitos culturais e acesso às fontes da cultura nacional, e apoiará e incentivará a valorização e a difusão das manifestações culturais.”

– Dia 12: Identidade – Art. 216, caput, CF – “Constituem patrimônio cultural brasileiro os bens de natureza material e imaterial, tomados individualmente ou em conjunto, portadores de referência à identidade, à ação, à memória dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira”.

– Dia 13: Diversidade Cultural – Art. 5º, inciso IX, CF – “é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença.”

– Dia 14: Cidadania – Art. 5º, caput, CF – “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade…”

Dia 15: Direito à Memória – Art. 27, inciso I, da DUDH – “Todo ser humano tem o direito de participar livremente da vida cultural da comunidade, de fruir das artes e de participar do progresso científico e de seus benefícios”.


– Jogo da Memória

Data: de 10 a 15 de dezembro, das 9h às 18h.
Local: Capela da Nonna (Museu Casa de Portinari).

Em uma mesa posicionada ao lado da Capela da Nonna, será disponibilizado o jogo da memória, onde os visitantes poderão participar, descobrindo junto com um educador, a qual dos Direitos Humanos cada obra do artista Candido Portinari pode ser relacionada. Ao mesmo tempo que conhece e aprende também terá a oportunidade de se divertir com o jogo.


Serviço
Museu Casa de Portinari

Endereço: Praça Candido Portinari, 298 – Brodowski/SP. CEP 14340-000
Telefone: (16) 3664.4284
E-mail: gerencia@museucasadeportinari.org.br
Website: https://www.museucasadeportinari.org.br/
Facebook: @museucasadeportinari
Instagram: @museucasadeportinari
Twitter: @casadeportinari
YouTube: https://www.youtube.com/casadeportinari/


Museu Felícia Leirner | Auditório Claudio Santoro

felicia

– Árvore dos Sonhos

Data: 10 a 15 de dezembro, das 9h às 18h.
Local: Museu Felícia Leirner | Auditório Claudio Santoro

Durante a semana #Sonharomundo, os visitantes participarão de uma árvore interativa, instigando a reflexão do tema “Cultura como Direito”, a partir do artigo 27 da Declaração dos Direitos Humanos. Ao final da ação, as palavras/sonhos que os visitantes colocarem na árvore serão postadas nas redes sociais do museu e auditório.


– Palestra “Cultura como Direito”

Data: 10 de dezembro (terça-feira), das 15h às 17h.
Local: Museu Felícia Leirner | Auditório Santoro.

Palestra aberta ao público, onde o mediador Ivan Montanari abordará como tema o Direito à Cultura, prevista na Constituição Federal, como um direito fundamental.

Sobre Ivan Montanari: Ivan Montanari é mestrando em Gestão de Políticas Públicas pela Universidade de São Paulo – USP, especialista pós-graduado em Gestão e Políticas Culturais pela Cátedra UNESCO de Políticas Culturais e Cooperação da Universidade de Girona (Espanha) e graduado em Artes Cênicas pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP (2010).


– Fora da Caixa

Data: 13 dezembro (sexta-feira), das 14h às 19h.
Praça Ministro Sérgio Motta (Praça do Gazebo).

Na Semana #Sonhar o Mundo, Museu e Auditório saem “fora da caixa” para discutir com a comunidade jordanense o direito à Cultura, garantido pelo artigo 27 da Declaração dos Direitos Humanos. Na ocasião, o Secretário Municipal de Cultura – Benilson Toniolo – mediará uma conversa entre atores culturais do município (convidados) e abrirá para a participação da comunidade em geral. Alguns grupos artísticos da comunidade também deverão se apresentar ao longo da tarde, trazendo luz ao tema da Cultura.


Serviço
Museu Felícia Leirner | Auditório Claudio Santoro

Endereço: Avenida Doutor Luis Arrobas Martins, 1880 – Alto Boa Vista, Campos do Jordão/SP. CEP 12460-000
Telefone: (12) 3662.6000
E-mail: contato@museufelicialeirner.org.br
Website: https://museufelicialeirner.org.br/
Facebook: @museufelicialeirner
Instagram: @museufelicialeirner
Twitter: @mfelicialeirner


Casa da Memória de Araras Pedro Pessotto Filho

– Passa lá em Casa

Data: 9 de dezembro (segunda-feira), das 14h às 16h.
Local: Casa da Memória de Araras.

Encontro com Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Araras e coletivos de mulheres da cidade com o objetivo de discutir e planejar ações a serem realizadas em parceria com e entre esses órgãos e iniciativas no tema “Direitos da mulher – cultura como direito”.


– Passa lá em Casa

Data: 11 de dezembro (quarta-feira), das 9h às 11h.
Local: Casa da Memória de Araras.

Encontro com Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de Araras com o objetivo de discutir e planejar ações a serem realizadas em parceria no tema “igualdade racial –cultura como direito”.


– Passa lá em Casa

Data: 13 de dezembro (sexta-feira), das 8h30 às 10h30.
Local: Casa da Memória de Araras.

Encontro com representantes da Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Habitação e CRAS e CREAS do município de Araras com o objetivo de discutir e planejar ações a serem realizadas em parceria no tema “inclusão e acesso –cultura como direito”.


Serviço
Casa da Memória de Araras Pedro Pessotto Filho

Endereço: Praça Barão de Araras, 30 – Araras/SP. CEP 13600-040
Telefone: (19) 3542-7602
E-mail: casadamemoria@araras.sp.gov.br
Instagram: @casadamemoriadeararas


Museu da Cidade de Campinas

– Exibição do vídeo “Projeto Gota d’água”

Data: 9 de dezembro (segunda-feira), das 14h às 17h.
Local: Museu da Cidade (Casa de Vidro).

Vídeo educativo sobre consciência ambiental e uso sustentável da água. Público alvo: educadores ambientais, redes municipais, estaduais e privadas de ensino, arte educadores.

Observação: Atividade acessível em Libras, com audiodescrição e legendas.


Serviço
Museu da Cidade de Campinas

Endereço: Avenida Heitor Penteado, 2145 (Casa de Vidro) – Taquaral, Campinas/SP. CEP 13013-160
Telefone: (19) 3231.3387
E-mail: museudacidade@campinas.sp.gov.br
YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCMXG3mGEx7wc7kWAXYa0rGg


Museu da Cidade de Salto “Ettore Liberalesso”

– Encontro: “Práticas Inclusivas em Cultura, Arte e Educação”

Data: 9 de dezembro (segunda-feira), das 19h às 21h.
Local: Museu da Cidade de Salto “Ettore Liberalesso”.

O Encontro conta com a presença de Anderson Nascimento, Fernando Baragão e Meirielly Rodrigues, com mediação de Lucas Gonzaga, e aborda um conjunto de ações que combatem a exclusão social por meio de práticas artístico-pedagógicas no contexto de ensino da dança e do teatro nas APAEs de Salto/SP e Sorocaba/SP. Tal iniciativa tem como desejo fomentar as ferramentas inclusivas na prática educacional; bem como promover um intercâmbio institucional.

Lucas Gonzaga: Artista, Educador Social e Professor de Teatro. Mestre em Pedagogia do Teatro pela ECA-USP. Atualmente é Coordenador do Museu da Cidade de Salto “Ettore Liberalesso” e da Sala Giuseppe Verdi, equipamentos da Prefeitura da Estância Turística de Salto.

Anderson Nascimento: Artista do corpo e arte-educador. Orientador social na Apae Sorocaba com a oficina Ocupando Espaços, desenvolvendo a subjetividade da pessoa com deficiência no próprio território, provocando olhares para os processos de inclusão e acessibilidade.

Fernando Matos Baragão: Pedagogo e Professor com Bacharel em Artes, com pós graduação em Psicanálise Clínica e Comportamental. Atualmente é Professor de Teatro da Apae e lecionou 10 anos na escola Tancredo do Amaral, em Salto/SP.

Meiriely Rodrigues: Atriz e bailarina desde 2005. Professora de teatro da Apae Salto e Radialista em formação, fez parte de inúmeras encenações, sendo agraciada com várias indicações, além de quatro prêmios de melhor atriz em festivais municipais e nacionais.


– Encontro “Cultura como Direito”, com Prof. Dr. Joaquim Gama e Prof. Dr. José Simões

Data: 10 de dezembro (terça-feira), das 15h às 17h.
Local: Museu da Cidade de Salto “Ettore Liberalesso”.

O tema proposto pelas Secretarias da Cultura e Economia Criativa e dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo, vai ao encontro do desejo do Museu da Cidade de Salto “Ettore Liberalesso” de, cada vez mais, fortalecer o elo entre o Museu e a Comunidade, a quem pertence a raiz histórica que abrigamos.

Atualmente o Museu recebe uma média de 07 a 08 mil visitantes por ano, entre exposições, atividades com a equipe do Educativo e ações culturais junto à comunidade. Nossa missão é multiplicar esse acesso e, portanto, convidamos o Prof. Dr. Joaquim Gama e o Prof. Dr. José Simões para discutir as perspectivas para o futuro e celebrar a Cultura como fonte inesgotável do resgate de nossa essência histórica e das raízes de nossa memória.

Prof. Dr. Joaquim Gama: Mestre e Doutor em Teatro, na área da Pedagogia do Teatro, pela ECA/USP. Coordenador pedagógico da SP Escola de Teatro — Centro de Formação das Artes do Palco. Professor convidado da ECA/USP, coordenador do laboratório de Pedagogia e Processos de Criação Teatral.

Prof. Dr. José Simões: Doutor em Artes pela Universidade de São Paulo, com Pós-Doutorado pela Universidade de Coimbra. Foi Secretário da Cultura e Secretário da Educação da cidade de Sorocaba/SP. Autor da proposta pedagógica da SP Escola de Teatro. Recebeu o Prêmio Learning Cities 2015 pelo projeto Escola Viva.


– Espetáculo “O Jardim da Meia Noite”

Data: 11 de dezembro (quarta-feira), das 20h às 21h30.
Local: Sala Giuseppe Verdi (Museu da Cidade de Salto “Ettore Liberalesso”).

O espetáculo apresenta a história de Tom, um garoto que é mandado contra sua vontade para a velha mansão onde vivem seus tios, a fim de escapar do contágio de sarampo que seu irmão menor contraiu. Depois de uns poucos dias de absoluto tédio, a quarentena de Tom se transforma numa aventura, quando um velho relógio leva o garoto a uma outra dimensão em que novas descobertas o deixarão maravilhado.

Completamente entusiasmado com tudo que esse novo lugar oferece, ele conhece uma solitária garota, a Tita, com quem trava uma amizade que nos leva a refletir sobre o passar do tempo, a importância da compaixão e da alegria fundamental de se ter com quem contar.

Ficha técnica: Indicação etária: 14 anos. Duração: 80 minutos. Elenco: Ricardo Monastero, Elaine Marinho, Erika Altimeyer, Talitha Pereira, Pedro Silveira, Nellson Oliveira e Tainan Pongeluppe. Direção Artística: Alexandre Tenório e Glaucia da Fonseca. Trilha Original: Márcio Guimarães. Arranjos Vocais e Preparação Vocal: RodrigoVechi. Iluminação: Kuka Batista. Direção de Arte: Márcio Vinicius. Preparação de Elenco: Erika Altimeyer. Contrarregra: Dariane Araújo. Assistente de Direção: Bruna Grasselli. Operador de Luz: Diego Chimenes. Operador de Som: Cauê Andreassa. Realização: DendiLeão . Produtor: Ricardo Monastero. Diretor de Produção: Antonio Ranieri. Diretora de Comunicação: Luciana Alves. Produtora Executiva: Ester Nunes. | Produção Local: Prefeitura da Estância Turística de Salto, através da Secretaria da Cultura.

– Espetáculo “A Refeição”, com a Cia Tramp de Palhaços

Data: 12 de dezembro (quinta-feira), das 15h às 16h.
Local: Museu da Cidade de Salto “Ettore Liberalesso”.

Espetáculo que mostra a história dos tradicionais vendedores de pipocas, destes que vendem nas portas dos teatros, mas que muitas vezes nunca tiveram a oportunidade de entrar para conhecer este lugar mágico. Dizem que a hora da refeição é uma hora sagrada, e para Filomeno esta é também a melhor hora do dia.

Devido à rotina de trabalho duro e a correria do dia a dia ele sempre acaba fazendo suas refeições de forma adaptada. Juntando a fome com a vontade de comer, “A Refeição” nos faz refletir sobre o tempo que nós temos dedicado às horas que considerávamos sagradas. Lutando contra o tempo este atrapalhado vendedor de pipocas só tem uma única vontade, realizar sua refeição.

Ficha técnica: Elenco: Luan Silva | Concepção e Direção: Luan Silva | Técnica: Ediana Dias e Matheus Ferreira | Cenografia: Cia Tramp de Palhaços | Figurino: Cia Tramp de Palhaços | Maquiagem: Ediana Dias | Trilha sonora: Christofer Bergmann | Iluminação: Matheus Ferreira | Fotografia e comunicação: Aline Rodrigues | Produção: Luan Silva | Gênero: Comédia | Duração: 50 minutos | Classificação: Livre


Serviço
Museu da Cidade de Salto “Ettore Liberalesso”
Endereço: Rua José Galvão, 104 – Centro, Salto/SP. CEP 13320-170
Telefone: (11) 4029-3473
E-mail: museu@salto.sp.gov.br
Website: https://salto.sp.gov.br/
Facebook: @PrefeituradeSalto
Instagram: @prefeituradesalto
YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCeVHgrWU8oB-6DKepbSXYHg


Museu Histórico e Pedagógico Prudente de Moraes

– Encontro Rememorar

Data: 10 e 12 de dezembro (terça e quinta feira), das 9h às 11h.
Local: Museu Prudente de Moraes.

Esta ação é composta por dinâmicas sensoriais relacionando a memória, as lembranças e os cinco sentidos – olfato, paladar, visão, tato, audição, e visitas mediadas na exposição permanente com interação de objetos e saberes e experiências partilhadas pelo grupo visitante.

O objetivo é o de instigar as lembranças e reminiscências dos idosos, contribuir para o bem-estar, para a estimulação da memória, a habilidade de comunicação e a análise do presente, socialização e a promoção da valorização pessoal.

Observação: atividade acessível em Libras.


Serviço
Museu Histórico e Pedagógico Prudente de Moraes
Endereço: Rua Santo Antonio, 641 – Centro, Piracicaba/SP. CEP 13400-160
Telefone: (19) 3422-3069
E-mail: mprudentedemoraes@piracicaba.sp.gov.br
Website: http://museuprudentedemoraes.piracicaba.sp.gov.br/pt_BR/
Facebook: Museu Prudente de Moraes
Twitter: @MuseuPrudente


Museu Municipal Padre Carlos Leôncio da Silva

Roda de Conversa – Cultura como Direito

Data: 9 de dezembro (segunda-feira), das 15h30 às 17h.
Local: Museu Municipal Padre Carlos Leôncio da Silva.

Oportunidade para os interessados conversarem sobre o tema da campanha Sonhar o Mundo 2019, com a participação da SECTUR e Clube Filatélico e Numismático de Lorena.

Observação: atividade com acessibilidade física.

– Exposição Filatélica como Instrumento de Promoção Cultural

Data: de 9 a 13 de dezembro, das 9h às 17h.

A exposição conta a história filatélica ao longo dos anos e sua importância no resgate cultural das novas gerações.


Serviço
Museu Municipal Padre Carlos Leôncio da Silva
Endereço: Rua Viscondessa de Castro Lima, 10 – Centro, Lorena/SP. CEP 12600-140
Telefone: (12) 3153-1518
E-mail: cultura@lorena.sp.gov.br
Facebook: @casadaculturadelorena


Museu Major Novaes

– Exposição “O desenho que vem das ruas: uma denúncia social”, Felipe Cac

Data: 11 de dezembro (quarta-feira), das 19h às 21h.
Local: Museu Major Novaes.

Abertura da exposição temporária do artista plástico cruzeirense, Felipe Cac, no qual abordará a temática dos direitos humanos, ou da ausência deles, que banalizamos em nosso cotidiano.

Observação: atividade com audiodescrição.


– Exposição “Pintores especiais: a arte de todos e para todos”, Alunos e Alunas da APAE Cruzeiro-SP

Data: 11 de dezembro (quarta-feira), das 19h às 21h.
Local: Museu Major Novaes.

Trabalho de artes plásticas desenvolvido pelos alunos e alunas da APAE Cruzeiro-SP.

Observação: atividade com audiodescrição.


– Mesa Redonda ” Cultura como um direito de todos e todas”

Data: 12 de dezembro (quinta-feira), das 19h às 21h30.
Local: Museu Major Novaes.

Mesa redonda, no qual vários seguimentos sociais debaterão sobre a temática.


– Mesa Redonda “TV Aparecida e Direitos humanos: um olhar mais humanizado”

Data: 13 de dezembro (sexta-feira), das 19h às 21h30.
Local: Museu Major Novaes.

Mesa Redonda com a equipe do programa “Desafios da Igreja”, da TV Aparecida, e buscam mostrar o Brasil e as lacunas dos direitos humanos.


Serviço
Museu Major Novaes
Endereço: Avenida Jorge Tibiriçá, s/nº – Centro, Cruzeiro/SP. CEP 12710-040
Telefone: (12) 3141-1100
E-mail: museu@cruzeiro.sp.gov.br
Facebook: @museumajornovaes
Instagram: @museumajornovaes


LITORAL

– Apresentação da ONG Oficina do Futuro

Data: 14 de dezembro (sábado), às 15h.
Local: Museu do Café.

O Museu do Café receberá a ONG Oficina do Futuro para uma apresentação gratuita no Salão do Pregão. A atração acontecerá no dia 14 de dezembro (sábado), a partir das 15h, e terá como foco os espetáculos dos grupos de coral e balé, formados pelas crianças acolhidas na entidade.


Serviço
Museu do Café
Endereço: Rua Quinze de Novembro, 95 – Centro, Santos/SP. CEP 11010-150
Telefone: (13) 3213-1750
Website: http://www.museudocafe.org.br/
E-mail: museudocafe@museudocafe.org.br
Facebook: @MuseudoCafe
Instagram: @museudocafe
Twitter: @museudocafe
YouTube: https://www.youtube.com/user/museudocafe