Investindo na linha de frente

Afinal, quais são os serviços essenciais para os museus?

As crises, apesar dos desafios que nos impõem, tornam-se profícuas para reflexão sobre o que, de fato, não podemos abrir mão. Em um momento que muito se fala em “serviços essenciais” e quais funções são indispensáveis a cada um dos setores profissionais, surgem as questões: Nos museus, quais de nós não podem parar? […]

Quando sistematizar é preciso

Gerindo uma rede de museus que, simplesmente, não atua em rede.

Gerir uma instituição museológica, por si só, não é tarefa simples. Imagine, então, a seguinte situação: um universo de, aproximadamente, 50 museus; espalhados por mais de 40 municípios paulistas; criados em anos distintos; administrados por profissionais da área de educação, com pouco ou nenhum conhecimento sobre museologia […]