Artista plástico Rogério Degaki morre em São Paulo aos 38 anos

Morreu em São Paulo, na noite desta sexta (12), o artista plástico Rogério Degaki. Ele tinha 38 anos e sofreu uma parada cardíaca após passar por uma cirurgia na tentativa de curar uma infecção causada por uma bactéria.

Seu corpo foi velado na manhã deste sábado (13) no cemitério Jardim das Flores, na rodovia Raposo Tavares. O enterro está marcado para a tarde deste sábado (13), no cemitério Maranhão, em Cotia, na Grande São Paulo.

“Foi tudo muito rápido”, disse Ricardo Trevisan, galerista que representava o artista pela Casa Triângulo, à Folha. “Isso pegou todo mundo de surpresa.”

Simon Plestenjak/Folhapress
13194198
O artista plástico Rogério Degaki, morto após sofrer parada cardíaca

Em sua curta carreira, Degaki ficou conhecido por suas esculturas ultracoloridas e brilhantes, que se apropriam da estética estridente da cultura pop japonesa. Suas peças em isopor e fibra de vidro lembram as grandes esculturas de Takashi Murakami, só que em escala menor.

Degaki participou em 2008 da mostra “Quando Vidas se Tornam Forma”, organizada pela curadora japonesa Yuko Hasegawa, no Museu de Arte Moderna de São Paulo. No mesmo ano, a exposição foi reapresentada em nova versão no Museu de Arte Contemporânea de Tóquio. Ele também esteve em duas edições da extinta mostra Paralela, em 2004 e 2009.

Fonte: Folha de São Paulo