Arq!Palestra explora os processos de trabalho do escritório Terra e Tuma em evento no MCB

Em 26 de abril próximo, a revista Projeto, o portal Arq!Bacana e o Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, promovem a palestra “Terra e Tuma – Arquitetura, Limitação e Oportunidade”, sobre a trajetória de atuação do escritório através de seus processos de trabalho. A inscrição é R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia-entrada), e pode ser feita pelos sites www.arcoweb.com.br e www.arqbacana.com.br.

O escritório, criado em 2006, se tornou mundialmente conhecido pelo projeto ‘Casa da Dona Dalva / Vila Matilde’, um exemplo de boa arquitetura acessível para classes sociais mais baixas. A palestra dos arquitetos apresenta suas ideias além do referido projeto: as reflexões e influências em sua trajetória, com referências nas artes plásticas, cinema e sociologia, e o compromisso de permitir à profissão o papel fundamental como agente social.

Os projetos desenvolvidos, como reformulação de bairros em áreas de risco e as residências de diversas escalas, demonstram a capacidade de atuação em rede com sistemas integrados e multidisciplinares, como a associação com sociólogos, antropólogos e engenheiros, além dos próprios colegas arquitetos.

Adiante à projeção nacional e internacional com a Casa da Vila Matilde, selecionada para o Pavilhão do Brasil na 15° Mostra Internacional de Arquitetura – Bienal de Veneza 2016, premiada na X Bienal Iberoamericana de Arquitectura y Urbanismo e eleita “Building of the Year” pelo site ArchDaily, o escritório já teve projetos reconhecidos e exibidos nas Bienais de Rotterdam e Quito e foi vencedor do Prêmio AsBEA por duas edições consecutivas.

SERVIÇO Arq!Palestra: Terra e Tuma – Arquitetura, Limitação e Oportunidade
Dia 26 de abril, quarta-feira, às 19h30
Local: Museu da Casa Brasileira – Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705, Jardim Paulistano
Telefone: (11) 3032-3727

Inscrições pelos portais www.arcoweb.com.br e www.arqbacana.com.br

Valor: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia-entrada/estudantes)

Fonte: MCB