Ainda tem muita atração especial na programação on-line de julho do Museu do Café de Santos

Desde cursos de barista e lives sobre o preparo da bebida, até premiação em homenagem ao Dia dos Avós, os mais diversos interesses serão atendidos pela agenda da instituição

Estar em casa durante a pandemia do novo coronarívus não é, necessariamente, sinônimo de tédio. Para muitos, esse período se tornou uma oportunidade para explorar novos hobbies, aprender habilidades diferentes e mergulhar de cabeça no universo on-line. No Museu do Café de Santos, a realidade atual também estimulou um momento de reinvenção mas, mesmo agora, a missão do equipamento é levar a cultura e a história do grão ao público. Pensando nisso, o MC desenvolveu um cronograma de ações virtuais recheado para o restante do mês de julho. Confira a programação:

Inauguração da exposição “Design Espresso”

20 de julho

No final do século 19, o café já era amplamente consumido no mundo. Entretanto, a tecnologia envolvendo o preparo da bebida pouco havia se alterado, resumindo-se ao despejo de água quente sobre o grão torrado e moído, com ou sem coador. Buscando novas ideias para diminuir o tempo de extração, inventores projetaram equipamentos que usassem o vapor para fazer o cafezinho. Neste contexto, nasceu na Itália a primeira máquina de “espresso”. Em parceria com o Museo della Macchina per Caffè (MUMAC), sediado em Milão, a exposição virtual retratará as transformações técnicas e estéticas pelas quais esses utensílios passaram desde sua origem, até a década de 1970.

O conteúdo estará disponível na plataforma Google Arts & Culture.

Live “Café e Imigração Árabe”

23 de julho, às 17h

Usando a pesquisa “Memórias do Café Árabe” como fio condutor, os pesquisadores do Museu do Café e do Museu da Imigração, Bruno Bortoloto e Thiago Haruo, conversarão sobre os aspectos culturais dessa bebida e sua relação com as migrações em São Paulo. Os profissionais discutirão, ainda, a importância dos usos e costumes trazidos por pessoas em seus deslocamentos e como ambos as instituições vêm se dedicando a eles.

Live “Dica do Barista”

24 de julho, às 11h

Assim como o curso de introdução ao barismo, as lives no perfil do Instagram são realizadas pelo instrutor Hallyson Ramos. Aqui, a intenção é gerar momentos de interação com o público em isolamento social, incentivando conversas sobre a extração caseira do café, as maneiras de aprimorar e facilitar esse processo e quais detalhes são importantes na hora da compra. Mas, para além disso, assuntos aprofundados como o ponto de moagem do grão e os gostos básicos do paladar também cativam a atenção dos espectadores, mostrando o interesse da audiência pela área.

Em 24 de julho, o tema principal da transmissão será a qualidade dos cafés de cápsula.

Premiação | Ação colaborativa – Dia dos Avós

27 de julho

Em 1º de julho, o Museu do Café deu início a uma ação colaborativa nas redes sociais, que convidada os seguidores a enviarem fotografias dos avós preparando ou consumindo o cafezinho. Desde então, a instituição contou com a contribuição de vários usuários buscando homenagear esses parentes tão especiais. A segunda parte dessa atração, marcada para a segunda quinzena do mês, envolve um concurso no Facebook: o MC reuniu todas as imagens enviadas em um álbum e os visitantes podem votar nos seus cliques preferidos. O registro que conseguir arrecadar o maior número de interações até o último domingo do mês (26) ganhará dois kits de brindes especiais, contendo canecas, grãos gourmet, cadernetas, lápis, chaveiro e muitos outros.

Fonte: Museu do Café