44ª Semana do Índio de Tupã acontece a partir de 12 abril

Fachada do Museu Índia Vanuíre em Tupã

Realizada anualmente pelo Museu Índia Vanuíre, ação conta com oficinas culturais, bate-papo com indígenas e exibição de documentários

De 12 a 17 de abril, o Museu Índia Vanuíre – instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo administrada em parceria com a ACAM Portinari – realiza a 44ª Semana do Índio de Tupã. A ação, que conta com o apoio da Prefeitura, acontece na Praça da Bandeira e na sede da instituição cultural. Durante evento, em 16 de abril, ocorre IIIFestival de Dança e Música Indígena do Estado de São Paulo, que reunirá maior evento do gênero do Estado de São Paulo, com mais de 600 participantes de três terras indígenas.

Todos os dias, em quatro edições (9h, 10h, 14h e 15h), alunos das escolas da cidade e interessados poderão se divertir e aprender sobre peças de artesanato e de uso diário da cultura indígena com moradores das terras indígenas Vanuíre, em Arco-Íris, e Icatú, em Braúna, nas oficinas culturais.

No evento Índio no Museu Especial, de terça-feira a domingo, das9h às 16h, os visitantes serão recebidos no Museu por representantes das etnias Kaingang, Krenak ou Terena e com eles saberão mais da rotina e das tradições mantidas na comunidade até os dias atuais. De 12 a 16, vários títulos de documentários sobre temas indígenas estarão em Cartaz no Museu, com sessões às 11h e às 16h.

De acordo com a gerente do Museu, Tamimi Rayes Borsatto, a programação demonstra que região Oeste de São Paulo e a cidade de Tupã se constituem pela diversidade e pelas diferenças. “A sociedade brasileira é plural e nessa característica está um valor a ser destacado. A 44ª Semana do Índio de Tupã acontece também para que haja a lembrança de que os indígenas no Brasil fazem parte da sociedade. Para tanto, é proposta a aproximação dos indígenas na região com os moradores locais e visitantes”, explica.

Destaque

No dia 16 de abril, a partir das 16h, o público poderá acompanhar o  IIIFestival de Dança e Música Indígena do Estado de São Paulo, maior evento do gênero do Estado de São Paulo, com mais de 600 participantes das três terras indígenas da região oeste de São Paulo: Vanuíre, Icatú e Araribá.

A programação, com mais de seis horas de espetáculo, é uma oportunidade de reunir os grupos indígenas Kaingang, Krenak, Terena e Guarani, proporcionando o fortalecimento de suas culturas e o sentimento de pertencimento dos grupos a própria counidade, difundindo a cultura indígena e aproximando os indígenas de grupos distintos e também dos não indígenas.

Serviço:

Oficinas Culturais
Datas: de12 a 17/4/2016 (terça a segunda)
Local: Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre e Praça da Bandeira, s/nº – Centro
Horário: às 9h, 10, 14h e 15h

Índio no Museu – Edição Especial
Datas: de 12 a 17/4/2016 (terça-feira a domingo)
Local: Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre
Horário: das9h às 16h

Em Cartaz no Museu – Edição Especial
Datas: de 12 a 16/4/2016 (terça-feira a sábado)
Local: Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre
Horário: às 11h e às 16h

III Festival de Dança e Música Indígena do Estado de São Paulo
Data: 16/4/2016
Local: Praça da Bandeira
Horário: às 16h

Grupos convidados:
Alunos da E.E. Indígena Índia Vanuíre (T.I. Vanuíre)
Grupo Kaingang (T.I. Vanuíre)
Grupo Krenak (T.I. Vanuíre)
Grupo Terena (T.I. Vanuíre)
Dança dos Alunos da E.E. Indígena Índia Maria Rosa (T.I. Icatú)
Coral da E.E.I. Índia Maria Rosa (T.I. Icatú)
Grupo Terena (T.I. Icatú)
Grupo Guarani – Aldeia Nimuendajú (T.I. Araribá)
Grupo de Mulheres Terena – Aldeia Ekeruá (T.I. Araribá)
Grupo de Homens Terena – Aldeia Ekeruá (T.I. Araribá)
Grupo da Aldeia Tereguá – (T.I. Araribá)
Grupo da Aldeia Copenoti – (T.I. Araribá)

Informações: (14) 3491-2333
Entrada: gratuita     

Fonte: Assessoria de Imprensa | Museu Índia Vanuíre