2ª Mostra Paulista de Ciências e Engenharia (MOP) recebe 250 inscrições

 

A segunda edição da Mostra Paulista de Ciências e Engenharia – MOP – está com as inscrições encerradas. Para esta edição, a Mostra recebeu 250 projetos de estudantes pré-universitários – ensino fundamental, médio e técnico. Após processo de seleção, 124 projetos finalistas estarão expostos no evento, que será realizado nos dias 6 e 7 de dezembro, no Catavento Cultural e Educacional – museu de ciência e tecnologia da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo.
 
Assim como na edição anterior, a Mostra promete apresentar projetos que trazem soluções inovadoras para problemas da sociedade, todos criados com base na metodologia científica e de engenharia. Os seis projetos com maior destaque terão vaga garantida na FREBRACE – Feira Brasileira de Ciências e Engenharia. Além disso, os três melhores projetos de cada área serão premiados com troféus, medalhas e certificados. 16 estudantes serão escolhidos para receber bolsas de Iniciação Científica Jr. concedidas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).
 
A MOP é promovida pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, por meio do Laboratório de Sistemas Integráveis, e foi realizada pela primeira vez em 2011. O evento tem o objetivo de estimular o desenvolvimento de projetos de ciências e engenharia de estudantes com 14 a 20 anos, matriculados em escolas públicas e particulares do estado de São Paulo.
 
A MOP 2012 é organizada pelo Catavento Cultural e Educacional e o LSI – TEC e conta com o apoio institucional dos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e da Educação (MEC), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e das Secretarias da Cultura e Educação do Estado de São Paulo.
 
Sobre o LSI
Pioneiro em pesquisa e desenvolvimento de tecnologia no País, o Laboratório de Sistemas Integráveis da Escola Politécnica da USP (LSI-USP) foi fundado em 1975 pelo Prof. Dr. João Antônio Zuffo, e tem suas atividades de pesquisa e desenvolvimento centradas em sistemas computacionais integrados.
 
Para acompanhar a constante evolução tecnológica mundial, o LSI tem como base a excelência, a inovação e o empreendedorismo. Conta com cerca de 250 membros, entre docentes, pesquisadores, estudantes de graduação e pós-graduação, técnicos e colaboradores externos, e mantém uma estreita relação com o setor produtivo e instituições do Brasil e do exterior.
 
 
Sobre o Catavento
Fruto de parceria entre as Secretarias Estaduais da Cultura e da Educação, o espaço foi inaugurado em março de 2009. São mais de 250 instalações, em oito mil metros quadrados, divididas em quatro seções (Universo, Vida, Engenho e Sociedade), cada uma delas elaborada com iluminação e sons diferentes, que contribuem para criar atmosferas únicas e envolventes.
 
Atrações como aquários de água salgada, anêmonas e peixes carnívoros e venenosos, uma maquete do sol e uma parede de escaladas onde é possível ouvir histórias de personalidades como Gengis Khan, Júlio César e Gandhi, são apenas alguns exemplos de como o visitante pode aprender e se divertir ao mesmo tempo.
 
No local também é possível conferir as atrações da Fundação Museu da Tecnologia de São Paulo, que teve seu acervo transferido para o Catavento no início de 2011. Entre os principais equipamentos estão a locomotiva Dübs (fabricada em 1888 na Inglaterra que pertenceu à Cia. Paulista de Estradas de Ferro e foi usada brevemente para o transporte de carga) e o avião DC-3 (1936), que foi utilizado como cargueiro militar na Segunda Guerra Mundial.
 
 
 
2ª Mostra Paulista de Ciências e Engenharia – MOP
Mostra dos finalistas (aberta ao público): 6 e 7 de dezembro de 2012.
Cerimônia de premiação: 8 de dezembro de 2012.
 
Catavento Cultural e Educacional
Endereço: Palácio das Indústrias – Praça Cívica Ulisses Guimarães, s/no (Av. Mercúrio), Parque Dom Pedro II, Centro – São Paulo/SP
Funcionamento: terça a domingo, das 9h às 17h (bilheteria fecha às 16h)
Ingresso: R$ 6 e meia-entrada para estudantes, idosos e portadores de deficiência.
Idade mínima para visitação: recomendado para crianças a partir de seis anos
Acesso por transporte público: estação de metrô Pedro II e terminal de ônibus do Parque Dom Pedro II
Estacionamento: R$ 10 até 4 horas (para visitantes do museu). Adicional por hora: R$ 2,00 (capacidade para 200 carros). Ônibus e vans: R$20,00.
Infraestrutura: acesso para pessoas com deficiência física
 
Fonte: Catavento Cultural e Educacional